Despertando Sentimentos #2 Acho que isso pode ser amor

Olá, seja bem vindo à segunda matéria da coluna Despertando Sentimentos onde vou fazer uma série de matérias com vários temas (algumas apenas com músicas, outras de textos, conselhos e muito mais), mas vou precisar da opinião de vocês sobre o andamento das matérias e se a própria série de publicações está sendo interessante. No fim de cada matéria, vocês podem deixar seus comentários com sugestões, opiniões e o que vocês desejam nas próximas publicações.

Christian Moreira 

Eu amo cada detalhe do seu sorriso, seu jeito, a maneira como se fecha em seu mundo quando coloca seus fones de ouvido e escolhe sua melhor lista de músicas. Amo a maneira como me encara e como me deixa perdido quanto ao motivo desses olhares. Sempre ficamos procurando motivos para desvalorizar nossa beleza e isso é um dos nossos grandes erros. Sabe aquele garoto(a) que um dia prometeu a si mesmo que não gostaria mais de ninguém? Que se fecharia e que não demonstraria nenhum sentimento? Aquele mesmo menino (a) que chorava no quarto escondido com medo das pessoas o julgarem? Esse mesmo garoto(a) que um dia prometeu tudo isso - de maneira errada - se abriu novamente para o mundo, começou a demonstrar seus sentimentos, começou a sorrir diariamente e realmente começou a correr atrás dos seus sonhos. Por quê? sentimentos voltaram a se instalar sozinhos no seu peito e uma nova fase foi desbloqueada. Não consigo explicar exatamente quando esses sentimentos decidiram voltar a existir no meu coração. E eu acho que isso é amor. Quer um conselho? Ame, porque você não está sozinho. Não deixe que sentimentos antigos te atrapalhem, ou que outros relacionamentos influenciem na sua vida. Não deixe de sentir algo por uma pessoa (se você se sentir pronto), apenas porque no passado um relacionamento errado fez você prometer a si mesmo que não queria mais ter que passar por aquilo, ou fez você se fechar para o mundo e para seus sentimentos. Você acha certo? Você já pensou que pode acabar deixando a pessoa certa de lado? Vá com calma, e tente não cometer os mesmos erros e principalmente, seja feliz e tenha um relacionamento aberto, sem mentiras, promessas impossíveis, falsos sentimentos. O importante é que você seja feliz.

10 comentários:

  1. Parabéns pelo texto.. Bem real!! ;)
    http://escolidivas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, muito bom saber que você gostou.
      Abraços!

      Excluir
  2. Olaar! Adorei seu texto, moço! amor é uma coisa tão difícil de se explicar, mas você sente em coisas pequenas, num sorriso, em uma mensagem de texto ou em uma risada. E também acho que seus sentimentos não serão verdadeiros enquanto tu tiver presa no que tu sentia no passado.
    ps: Eu estava lendo esse teu texto com uma musica triste do nada tocando no fundo USHUSHUSHU
    BEIJU!

    devaneiosbm.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, é ótimo saber que você gostou. Realmente amor é algo estranho de explicar, muito mais se você estiver preso a um relacionamento antigo. Adorei a ideia da música haha.
      Abraços!

      Excluir
  3. Impossível ler esse texto e não lembrar de vários momentos e pessoas da minha vida. Você escreve muito bem, parabéns.

    Entretanto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado e é muito bom saber que você gostou.
      Abraços!

      Excluir
    2. Obrigado e é muito bom saber que você gostou.
      Abraços!

      Excluir
  4. Texto maduro, comparando o presente com o passado, porém mostrando mudanças positivas e a consequência dessas mudanças. A gente não pode punir uma pessoa pelos erros que ela nunca cometeu com a gente, não é mesmo?Da mesma maneira que ninguém deveria o mesmo com a gente. Recentemente me encontrei numa situação dessa em relação a amizade e te digo, nossa que bom que não fechei as portas!!! Teria perdido uma pérola!
    Ótimo fds pra vc!
    http://vivendolaforanoseua.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, realmente não podemos, mas essa relação não foi exatamente de amizade, mas de amor. Realmente nem todos os casos de amizade permitem a distância. Para você também.
      Abraços!

      Excluir
    2. Olá, realmente não podemos, mas essa relação não foi exatamente de amizade, mas de amor. Realmente nem todos os casos de amizade permitem a distância. Para você também.
      Abraços!

      Excluir

Compartilhe com outros leitores sua opinião