Gratidão. canal no youtube e dicas de estudo


A ideia da libertação e renovação surgiu a partir do ano de 2017 no qual eu enfrentei uma série de barreiras, colecionei momentos e desbravei uma série de sentimentos novos.  A partir desse momento e depois de um grande número de decepções eu decidi me arriscar e ir em busca do novo, do tal desconhecido. Assim nasceu o  mais novo projeto que eu carreguei comigo durante anos lá dentro do meu peito, uma vontade imensa de espalhar amor e gratidão, de ser feliz diariamente e não buscar como se fosse algo inalcançável. Nas próximas semanas vocês, meu queridos habitantes, vão presenciar uma série de renovações, mudanças e a primeira novidade do momento anunciar é que depois de muita coragem finalmente criei o meu canal no youtube e já tem vídeo novo hein? Falei um pouco sobre o meu terceiro ano, como criar uma rotina de estudos e várias outras dicas bem bacanas, hein? Próxima semana tem mais novidade chegando viu?

Cartas de amor...passadas

Você tinha o péssimo hábito de perguntar porque eu passava tanto tempo longe do meu lugar favorito, o meu blog. Você esperava que eu negasse e reafirmasse o seu senso egocêntrico de dizer que o seu abraço era o meu lugar favorito no mundo. Você tem os seus dias de glória, mas também tem a indecisão como seu problema diário, vive com base nas mentiras e nas relações estereotipadas. Eu sei que você cultiva algo por essa pessoa que no momento está na frente de um computador as duas e meia da manhã de um sábado, o brilho dos seus olhos não mentem, mas você insiste em fugir da realidade, pior de tudo, você insiste em ir contra o amor, o nosso.

 Você lembra da nossa ida ao Rainbow Bar and Grill em Los Angeles? A nossa última viagem como um casal, onde você me deixou plantado e do lado de fora na chuva enquanto você acabava com tudo. Usar o termo "casal" parece muito errado,  ou até falar que éramos dois jovens desfrutando do amor também parece meio antiquado quando paro para pensar, já que a palavra namorados parecia te assustar.

Eu sei que preciso de te deixar seguir ou na verdade você precisa cessar qualquer sentimento que eu insisto em cuidar no meu peito. Vem e acaba com tudo. Destrói. Apaga. Destrói.
Qualquer dor é menor do que amar e não ser correspondido, passar uma noite ao seu lado e no dia seguinte ser esquecido. Então apaga, destrói. Me esquece, mas de uma vez por todas. Eu tenho que seguir em frente. O brilho dos meus olhos está quase chegando ao fim, por você eu me esqueci, me joguei no fundo do poço e retornei, fiz esse trajeto durante 364 dias, sim. Todos esses dias, incontáveis horas, só me resta um único dia e eu o dedico a vender todo o imóvel construído lá no fundo do poço, cada reforma. Posso com a mais pura certeza dizer que ele se tornou um grande apartamento, todo renovado. Eu podia ser trouxa, mas era esperto e mesmo a cada vez que você me desvalorizava eu decidia investir em algo novo, um tal plano para o futuro.
Quer entrar em contato comigo? Fui ser feliz, longe de você. Ia me esquecendo de um grande detalhe, o preço do imóvel, do fundo do poço, você pode tratar comigo, já que por tantas mentiras, tantas incertezas, agora ele parece um lugar mais adequado para você.

Bagunçar este coração

Christian Moreira 

A dúvida atingiu meu coração. O que eu sinto? O que devo fazer? Não quero te deixar ir, mas ao mesmo tempo não sei se devo impedir ou reagir. Quero te ter ao meu lado. Isso é certo ou incerto? Qual o teu método? Método de acreditar no amor, de viver essa grande dor de não saber ao certo se é ou não a(mor). Existe uma escolha? Eu quis mudar e isso implicava em deixar você para trás. Sabe as vezes me pego pensando o quanto eu perdi, ou até ganhei com a sua presença, o coração sai do ritmo ao cruzar com teu, mas a vontade de construir uma nova história é maior. O meu ritmo mudou e me sinto de costas para os planos que antes eram tão certos e delineados, traçados, mas pouco amados, Hoje confirmo que estou de costas para tudo que antes me abalava, ou ao menos o que parecia ser o meu futuro idealizado, mas que lá no fundo, não me agrava. Acho que já senti isso há um tempo, esse mudar de ritmo, passar de olhares, amar mais o outro do que a si. Pior cilada. Escolha tão furada. Faz pouco tempo, eu sei que já estive me sentindo da mesma maneira. Mas você quer saber a melhor parte? passou, curou e clareou.

Faz pouco tempo, eu sei, já estive nesse lugar, posso sentir por dentro e até por fora. O quão familiar é isso?o que muda é a persistência, a força e o medo. O que muda é que sombra alguma vai esfriar ou bagunçar este coração. Não mais. Não agora. E ainda que qualquer persistência tente quebrar o meu coração ou o meu amor continuarei abraçando o meu sentimento mais sincero e acumulado, o amor próprio. Continuarei a minha história e vou parar de esperar sentimentos que não existem por parte dos outros. O meu eu de um passado não tão distante sempre me enviou mensagens e uma foi bem clara: Meu raro sonhador não baixa a cabeça. Não. Fazendo isso você perde cada beleza. Você não precisa provar nada sobre o quão próprio é o seu sentimento de satisfação. Faz pouco tempo, eu sei, todos nós sabemos, porém chegou o momento de confiar no poder das suas palavras. Meu raro sonhador, você com esse coração tão puro e especial não imagina o quanto é capaz, o quanto seu coração insiste em aprender. A mensagem nunca foi tão clara: continuarei cantando, envolvendo e deixando cada detalhe do meu amor pelo mundo. Sombra alguma vai esfriar ou bagunçar este coração. Não mais.

PROCESSO DE MUDANÇA #1 - O que mais é cobrado no Enem na parte de Humanas?

Olá habitantes, tudo bem com vocês? Como já disse em algumas matérias estou no terceiro ano e vocês devem saber como é a vida de um pré-universitário, não é mesmo? que poderia ser resumida com uma única palavra: confusão. A correria, a quantidade de conteúdos que precisam ser revisados e até inúmeros simulados por mês, muitas vezes fazem com que a nossa cabeça fique uma bagunça,hein? Por isso, decidi criar uma nova coluna aqui no blog chamada Processo de Mudança, na qual vou compartilhar com vocês algumas dicas de estudo e organização dentre outros assuntos, mas hoje decidi falar sobre os assuntos que mais foram cobrados no Enem até o ano passado (2016) na parte de ciências humanas. Vamos estudar?

 Espero que vocês gostem e que sigam o blog para receber outras matérias, textos e resenhas e que se for possível enviem para outros amigos que também estão pedindo ajuda nesses últimos meses antes do Enem.

Christian Moreira l Um Livro Aberto l Processo de Mudança

















Christian Moreira l Um Livro Aberto l Processo de mudança














Christian Moreira l Um Livro Aberto l Processo de mudança

Sorrisos colecionados

Christian Moreira l  Um Livro Aberto

Se for para levar algo de mim, então pode levar a esperança e aquele abraço apertado. Aprendi, percebi descobri que prefiro a essência da simplicidade, reaprender a viver de verdade, amar com todas as minhas forças cada conquista como um sonho que finalmente foi tirado do papel, é crescimento, sem arrependimentos, se quiser levar algo que me representa, que sejam sorrisos colecionados.


Ahh meu bravo amigo, ia me esquecendo: Se arriscar e ir em 
busca de determinado sonho Pode se tornar a chave para o 
tal destino nomeado felicidade.


Olá habitante
quer fazer parte do meu mundo?
siga-me nas redes sociais para ficar por dentro de todas as novidades

(Amores passados) Rascunho de um breve canto de liberdade

Seja livre para explorar o desconhecido, seja livre meu querido sonhador. 

O meu amor faz parte do meu ser. Não adianta você querer me prender. Como um pássaro preso prestes a voar sinto minhas asas se preparando. No meu corpo, no meu peito, na minha mente, eu sinto que estou prestes a ser livre. Preso. Luta. Conquista. A dificuldade em cada passo, a lágrima que percorre o meu rosto, o meu voo desafiará as leis, quero soltar as correntes que me prendem a tristeza, quero soltar as correntes que me prendem e fazem mal.
Por Christian Moreira, Um Livro Aberto.

Christian Moreira l Um Livro Aberto

(Amores passados) Você e eu?

Christian Moreira l Um Livro Aberto

Eu não quero viver minha vida inteira pensando que você, exatamente essa pessoa tão especial, poderia ser o amor da minha vida. Eu imaginei que nosso futuro estava escrito nas estrelas e que a cada palavra e cada experiência trocada poderíamos construir um mundo onde apenas o nosso amor bastasse. Eu cheguei a pensar que era. Sempre acreditei no sentido da palavra amor e aos poucos amadureci. Foi então que vi que os meus primeiros planos, aqueles bem especiais e ingênuos, se desfizeram pedaço por pedaço. Percebi então que não compartilhávamos os mesmos sentimentos, que você não estava ao meu alcance, que apenas não funcionaria se apenas eu fosse à sua direção. Acho que basicamente é isto, apenas não aconteceu. Afastei um pouco a ideia de te ter ao meu lado algum dia, refiz os meus planos e segui na direção do que fazia meu coração mais feliz, ou seja, fui atrás dos meus sonhos. 

A primeira reação das pessoas quando iniciam um relacionamento é nomear como amor, mas será que ele não é algo que ainda não entendemos algo que não acontece quando simplesmente conhecemos outro alguém e nos apaixonamos? Esse sentimento é mais complexo, é algo inevitável, já que em algum momento da sua vida você vai conhecer pessoas que vão te fazer questionar o sentido dessa palavra: amor. Eu te amei (talvez) e te conheci (tão pouco); Imaginei que o mundo era tão pequeno (e como estava enganado!). É inevitável pensar nas possibilidades, imaginar uma possível solução para um erro do passado, mas eu não me arrependo de ter cultivado um sentimento tão puro como este, não me arrependo de nenhuma palavra, de nenhum sorriso que eu coloquei no seu rosto, porque eu sou assim, apenas cultivo e demonstro o que existe de melhor em mim.